"Do tronco de Jessé sairá um rebento, e das suas raízes, um renovo" – Isaías 11.1 Obs: Comunidade localizada em São Paulo capital.

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

[10 Acusações] Aprofundando (4)



7ª acusação: Uma ignorância sobre a natureza da Igreja

Resumo
extraído da pregação
[...] o nosso objetivo e o resultado final do avivamento será o plantio de Igrejas bíblicas. Eu tenho um grande medo de que a Igreja local, hoje, seja desprezada. Diga a alguém que você é um pregador itinerante, que você tem um ministério mundial e todos se curvarão. Diga a alguém que você é um pastor de grupo de 30 e farão com que você se sente no fundo durante a conferência.
Jesus deu Sua vida pela Igreja, uma linda virgem, a igreja primitiva. Se você quer dar sua vida por algo no ministério, dê à Igreja, a uma Igreja, a um corpo de crentes, a uma congregação local. Isto é a Igreja.
[...] Todos nós sabemos sobre a Teologia Remanescente, você sabe que através de todo o curso de Israel, havia Israel, o povo de Deus e um remanescente de verdadeiros crentes. Este não é o caso da Igreja. Não há um remanescente de crentes ou um pequeno grupo de crentes dentro de um grande grupo chamado Igreja. A igreja é o remanescente.
[...] Pare de dizer todas estas tolices que você está dizendo, que o corpo de Cristo está dividido e que é uma bagunça e está cheio de pecado. Eu não falaria da noiva de Cristo dessa maneira se eu fosse você. O que você tem é um monte de bodes e joio no meio das ovelhas. E porque muito pouca disciplina bíblica e compassiva é praticada na Igreja, eles vivem entre as ovelhas, eles se alimentam dessas ovelhas e as destroem, e aqueles dentre vocês que são líderes na Igreja vão pagar um alto preço quando você estiver diante Daquele que as ama, porque você não teve coragem suficiente para se levantar e confrontar o ímpio.
Análise
O que é necessário para ser considerado um cristão? Repetir uma oração? Afirmar que crê em Cristo? O que é necessário para se tornar membro do corpo de uma igreja local? Mais do que ter as respostas para essas perguntas, você consegue dar as respostas pelas Escrituras?
Mais
Confira os artigos e os vídeos da 24ª Conferência.

8ª acusação: Uma falta de disciplina eclesiástica amorosa e de compassiva

Resumo
extraído da pregação
Ora, se teu irmão pecar contra ti, vai, e repreende-o entre ti e ele só; se te ouvir, ganhaste a teu irmão; mas, se não te ouvir, leva ainda contigo um ou dois, para que pela boca de duas ou três testemunhas toda a palavra seja confirmada. E, se não as escutar, dize-o à igreja; e, se também não escutar a igreja, considera-o como um gentio e publicano. (Mateus 18:15)
A maioria dos pastores evangélicos atualmente na América devem pegar Mateus 18 e arrancá-lo das suas Bíblias.
Nós dizemos, “Oh, eu sou tão amoroso. Nós não podemos praticar disciplina. Somos muito amorosos.” Você é mais amoroso que Jesus? Ele é quem ordenou isso.
Análise
A disciplina eclesiástica é, em primeira análise, um esforço de se ganhar um irmão desviado ou em pecado. Contudo, se essa pessoa após ser repreendida não demonstra constantemente a ausência de arrependimento, então Jesus e Paulo nos ordena expulsar tal pessoa de nosso meio. Isso não é uma opção. É um mandamento que não é observado em muitas igrejas. Pastores, você tem amado suas ovelhas ao ponto de expulsá-las se necessário? Você tem obedecido a Cristo neste mandamento?
Mais
Piper exemplifica sobre o assunto neste vídeo. Confira também os artigos que a Editora Fieldisponibiliza sobre o assunto e leia estes artigos do Monergismo: ”Disciplina na Igreja” e “A Disciplina na Congregação Puritana
 

Nenhum comentário: