"Do tronco de Jessé sairá um rebento, e das suas raízes, um renovo" – Isaías 11.1 Obs: Comunidade localizada em São Paulo capital.

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2012

Que possamos aprender com o Apóstolo Paulo!


Paz de Cristo!

Paulo descobriu o sentido da morte de Cristo, foi na antiga esperança de seu povo que ele descobriu que Jesus era o servo enviado para o resgate e libertação dos judeus, oferecendo-se a si mesmo como preço do resgate daqueles que estavam cativos. "Ele me amou e se entrgou por mim".

Mais conturbada para alguém como Paulo, colérico por natureza, cheia de titulos e com uma história pregressa invejavel, foi aprender e aceitar, e gostar e ensinar "que agora não sou eu quem vivo, mas Cristo vive em mim" (Gl 2.20). A experiência de Paulo foi fazendo com que ele abdicasse do controle da sua vida, experimentando que um outro mandasse nele. Sabemos o quento isso é dificil, ninguém quer abdicar do controle da sua vida, do direito de ir e vir conforme dite sua consciência e desejos do coração. Mas o cidadão Romano, o homem livre, "se diz e se faz escravo de Cristo" (Rm 1.1; Gl 1:10). "Quer morramos quer vivamos, pertencemos ao Senhor" (Rm 14.8).

Paulo só pôde ensinar oque aprendeu. Se não tivesse aprendido, não teria autoridade alguma para ensinar, seria somente palavras da boca pra fora, e quem o conhece um pouquinho mais a fundo, veria quão falso era aquele Cristianismo que ele pregava. Sabemos da autoridade de Paulo; sabemos que esta frases não são frases de efeito, como usam muitos pregadores e falsos profetas, mas verdadeiros Servos de Deus.

"Sede meus imitadores, como também eu, de Cristo" 1Corintios 11.1

Nenhum comentário: