"Do tronco de Jessé sairá um rebento, e das suas raízes, um renovo" – Isaías 11.1 Obs: Comunidade localizada em São Paulo capital.

domingo, 4 de março de 2012

O calvinismo faz mal a alguns

O calvinismo faz mal a alguns

Por Renato Vargens

O Calvinismo faz mal a alguns! 

Foi exatamente isso que um irmão Cristo me disse em certa ocasião. 

Pois é, confesso que não gostaria, no entanto, sou obrigado a concordar com ele. Lamentavelmente existem pessoas que por acharem que conhecem as doutrinas da graça e por se identificarem com os ensinamentos reformados, se sentem acima do bem e do mal.

Infelizmente não são poucos aqueles que se consideram superiores ao  restante da cristandade, simplesmente pelo fato de acreditarem que a sua teologia é superior a dos arminianos. Nessa perspectiva tenho conhecido inúmeros calvinistas que movidos por uma aberrante arrogância,  promovem discussões sem fim com aqueles que com eles se relacionam.

Para piorar a situação, existem os  ultra calvinistas, que se consideram superiores a outros calvinistas e que afirmam sem titubeios que o seu modo de culto é o certo, que a liturgia por eles defendida é a correta e que os pobres dos arminianos não passam de desviados da verdade, e que a seu tempo experimentarão o juízo do Eterno.

A estes junta-se os neopuritanos que movidos pela soberba de considerar-se melhores que outros, desenvolvem em suas igrejas  cultos desprovidos de calor humano e divino.

Pois é, o que me encuca em alguns  destes é o fato serem capazes de cantar entusiasticamente as canções de bandas como The Who,  Dires Straits, U2, ACDC e outros, e na Assembléia dos Santos demonstrar mediante expressões carrancudas e mal humoradas o quanto "amam" a Deus.

Caro leitor, ouso afirmar que esse tipo de calvinismo não é bíblico, antes pelo contrário, é sectário, arrogante e desprovido de graça e misericórdia.
Ao contrário desdes fariseus modernos, acredito que reformados  saudáveis além de crerem nos 5 pontos do calvinismo,   na doutrina da eleição, bem como num Deus Soberano que tem tudo em suas mãos e que governa sobre  todos, acreditam também que não são melhores que nenhum dos nossos irmãos em Cristo e que o Redentor salvou pessoas diferentes a fim de que o seu Nome seja glorificado.

Calvinistas por razões óbvias deveriam ser humildes, possuírem corações quebrantados além é claro de um enorme desejo de servir ao Senhor  com fogo, lágrimas e paixão na alma.

Pense nisso!

Renato Vargens

Nenhum comentário: