"Do tronco de Jessé sairá um rebento, e das suas raízes, um renovo" – Isaías 11.1 Obs: Comunidade localizada em São Paulo capital.

domingo, 4 de março de 2012

Perdão! Um caminho difícil a ser percorrido!



Outro dia ouvi uma história muito interessante ocorrida na guerra do Kosovo. Em 1999, três americanos foram capturados e ficaram reféns por mais de um mês. Após intensas negociações, os prisioneiros foram postos em liberdade. Roy Lloyd fazia parte da delegação que conseguiu a sua libertação, na ocasião declarou: “Os três soldados são muito religiosos. Um deles, Christopher Stone, não saiu de lá até que lhe fosse permitido ir ter com o soldado que serviu de seu guarda e orasse por ele."

Caro leitor, este soldado poderia ter saído daquela prisão com um enorme ódio por aqueles que o mantiveram em cárcere privado. Poderia também ter desenvolvido um significativo sentimento de vingança do tipo toma-lá-dá-cá, entretanto, movido pela compaixão ele abençoou aquele que o maltratara.

Por acaso você já deu conta de que como este rapaz somos chamados a abençoar aqueles que nos perseguem? De que forma você tem lidado com aqueles que lhe ofendem? Será que você é daqueles que dá um boi para não entrar numa briga e uma boiada para não sair dela? 

Outro dia uma irmã em Cristo me falou: "- Eu sou difícil de brigar, mas se eu rodar a minha baiana gospel, ninguém me segura!" 

Prezado amigo, Cristo nos chama a exercermos misericórdia e perdoar INCONDICIONALMENTE aqueles que nos ofendem, ainda que isto implique em lágrimas e dor. É o Senhor que nos ensina a oferecermos a face em detrimento as afrontas e agressões sofridas.

A palavra grega traduzida como "perdoar" significa literalmente cancelar ou remir. Significa a liberação ou cancelamento de uma obrigação e foi algumas vezes usada nas Escrituras no sentido de perdoar um débito financeiro.

E você? De que forma tem lidado com os que lhe machucaram a alma? Tem guardado ressentimento? Tem nutrido o coração com o veneno da mágoa? Como alguém bem disse, quem guarda ressentimentos, bebe veneno, esperando que o outro morra.

Pois é, o caminho do perdão não é fácil, todavia, sem passarmos por ele não nos é possivel desfrutarmos da paz que somente Cristo pode nos dar.

Pense nisso!

Renato Vargens

Nenhum comentário: