"Do tronco de Jessé sairá um rebento, e das suas raízes, um renovo" – Isaías 11.1 Obs: Comunidade localizada em São Paulo capital.

quinta-feira, 25 de abril de 2019

SUPORTE RABÍNICO DO SALMO 22 COMO UMA PROFECIA MESSIÂNICA:


O Midrash do século 8, PESIQTA RABBATI, usa as palavras do Salmo 22, aplicando-as ao MESSIAS SOFREDOR. De acordo com o Midrash, David vislumbrou profeticamente o sofrimento de seu descendente (o Messias), filho de Davi, diz: MINHA FORÇA SE SECOU COMO UM CACO (Salmo 22; 16). Dr. Brown cita trechos deste Midrash:
"Durante o período de sete anos que antecede a vinda do filho de Davi, vigas como se fossem de ferro pesarão sobre ele e o sobrecarregarão sendo postas sobre o seu pescoço até que o corpo do MESSIAS se curve. Em seguida, ele vai prantear e chorar, e sua voz vai subir até o alto do céu, e ele vai dizer: "Ó Deus; Mestre do universo, o quanto pode a minha força aguentar? Quanto pode aguentar o meu espírito? Quanto a minha respiração pode aguentar antes que ela me deixe? Quanto podem meus membros sofrer? Não sou eu feito de carne e osso?"
"Foi por causa do martírio do filho de Davi que choraram, dizendo A minha força secou-se como um caco (Salmos 22;. 16). Durante o martírio do filho de David, o Santo, bendito seja, vai dizer a ele; Efraim, Meu verdadeiro Messias, há muito tempo, desde os seis dias da criação, tu tomaste esta provação sobre ti mesmo. Neste momento, a tua dor é como a minha dor."
"É ensinado, além disso, que no mês de Nisan Patriarcas irão surgir e dizer ao Messias; Efraim, o nosso verdadeiro Messias, apesar de sermos teus antepassados, tu és maior do que nós, porque fizeste sofrer por causa das iniqüidades de nossos filhos e provações terríveis se abateu sobre ti...."
"Pelo bem de Israel tu te tornaste motivo de chacota e zombaria entre as nações da terra; e tu sentaste nas trevas, na escuridão, e os teus olhos não viram nenhuma luz, e a tua pele se colou em seus ossos, e teu corpo ficou seco como um pedaço de madeira; e os teus olhos escureceram por causa do jejum, e tua força se secou como um caco, todas essas aflições por conta das iniqüidades de nossos filhos."
"Efraim é um filho querido para mim ... Meu coração anseia por ele, em misericórdia terei misericórdia sobre ele, diz o Senhor (Jer. 31:20). Por que o versículo fala duas vezes da misericórdia; Em misericórdia terei misericórdia sobre ele? Uma misericórdia refere-se ao momento em que ele será encerrado no cárcere, no momento em que as nações do mundo vão ranger os dentes contra ele todos os dias, farão cara de nojo uns para os outros, considerando-o objeto de escárnio deles, balançam a cabeça para ele em sinal de desprezo, abrem largamente os seus lábios para gargalhar, como se diz: "Todos os que me vêem zombam de mim, desprezando-me; eles silenciam seus lábios, meneiam a cabeça (Salmos 22;. 8); A minha força se secou como um caco de barro, e minha língua se me apega ao palato; e tu me lançaste no pó da morte (Salmos 22;. 16). Além disso, eles vão rugir sobre ele como leões, como se diz: "eles escancaram a boca contra mim, como um leão que despedaça e que ruge. Derramei-me como ÁGUA, e todos os meus ossos estão fora do lugar; meu coração tornou-se como cera; derreteu-se em minhas partes mais íntimas" (Salmos 22; 14-15.)

Nenhum comentário: